O anúncio em primeira mão foi feito quarta-feira (13) durante entrevista da gerente comercial da empresa, Sheila Silva, durante entrevista ao radialista Paulo Renato Ziembowicz, no programa Aldeia Global da Rádio Sepé.
Segundo ela, o interesse da Brava foi reforçado após audiência realizada pelo prefeito Valdir Andres com a direção da empresa. “Acreditamos no potencial de Santo Ângelo e das Missões. Com uma boa demanda, certamente viabilizaremos essa linha com a capital paulista”, disse ela.
A gerente comercial, igualmente confirmou que após a reforma da pista do aeroporto de Santo Ângelo, a intenção da Brava é substituir os atuais aviões Let-410 que abrigam 19 passageiros, para aviões Brasília, ou seja, o Embraer 120, um turboélice bimotor pressurizado com capacidade para 30 passageiros.
Na avaliação da gerente comercial da Brava, a linha Santo Ângelo/Porto Alegre apresenta lotação completa nas segundas e sextas-feiras. Já nas terças, quartas e quintasfeiras a capacidade de ocupação chega a 40%. 
Sheila Silva, igualmente confirmou que a partir de segunda-feira(17) os voos regulares da empresa no aeroporto de Santo Ângelo serão oferecidos a partir de Santa Rosa.
A interrupção temporária do serviço é devido a obra de restauração e reforço do pavimento da pista de pouso do aeroporto.
Passageiros de Santo Ângelo terão transporte terrestre gratuito, partindo do aeroporto da cidade até o aeroporto de Santa Rosa, a 55 quilômetros de distância.
Segundo Sheila Silva, os passageiros deverão se apresentar para o transfer às 13h15 no aeroporto de Santo Ângelo.
O serviço de transporte terrestre também será oferecido por ocasião do retorno dos passageiros a Santo Ângelo.
Ao final da entrevista, a gerente comercial informou que por conta do sucesso da promoção do Dia das Mães, que comercializou bilhetes aéreos a R$ 199,00 (por trecho), a Brava prorrogou a promoção para voos operados entre Santo Ângelo e Porto Alegre.
Sheila Silva frisou que a promoção não tem data para acabar e vale para passagens de ida e volta compradas com antecedência mínima de 11 dias à data do embarque.