Estimados senhores.

Hoje em minha vida ocorre uma mudança de natureza profissional, que é passagem, sem deixar de ser continuidade. Diante desta mudança compreendo perfeitamente que nenhuma relação ou posição pode ser duradoura, a menos que seja construída sobre a verdade e a justiça, por isso não tomaria parte de um projeto maior, como aceitar o desafio de assumir o compromisso com o Desenvolvimento Econômico do Município de Santa Rosa, se não entendesse que assim poderia ser útil ao maior número possível de pessoas de nossa comunidade.

Neste momento de reflexão quero agradecer a Agência de Desenvolvimento (AD), suas entidades associadas e demais parceiros. Também quero agradecer a ACISAP e JUNTA COMERCIAL pela oportunidade que tive de trabalhar em atividades que visam o desenvolvimento econômico e social de nosso município. Foram anos inesquecíveis trabalhando  junto ao "prédio" da ACISAP, onde conheci e convivi com muitas pessoas, amigos, colegas, companheiros, conhecidos e críticos, as quais levo comigo o aprendizado construido nas relações do cotidiano, agregando experiências profissionais e pessoais.

O município de Santa Rosa possui um solo fértil que nos dá o alimento, através de uma indústria forte, temos um comércio e serviços em pleno crescimento, celebramos a serenidade na comunhão da lei entre nossas autoridades, possuímos a tradição de grandes feitos já realizados, o que nos motiva a continuar sempre em frente, temos como riqueza a consciência de nossas pessoas, fruto de nossa educação, buscamos saúde, fé e prosperidade para os lares de nossas famílias, pois é aqui o berço de nossos filhos e o túmulo dos nossos antepassados.

Tenho comigo que os que possuem a oportunidade de servir a outras pessoas são os que mais serão agraciados com conhecimentos e experiências. E nesta intenção de servir a comunidade de Santa Rosa, manifesto o meu entusiasmo e compromisso em fazer meu melhor para o nosso desenvolvimento local e regional.

O que mais diria neste momento de despedida da AD, senão a síntese sincera de tudo: muito obrigado.

José Fernando Borella

Santa Rosa, 14 de dezembro de 2012.