O Prêmio Exportação RS chega a sua 40ª edição neste ano como forma de consolidar um trabalho conjunto entre empresas e governo para valorizar o Rio Grande do Sul como protagonista no cenário das exportações nacionais. De janeiro a maio deste ano, as exportações gaúchas atingiram R$ 6,8 bilhões, segundo a Fundação de Economia e Estatística (FEE), em uma pauta liderada pelos produtos industrializados (78,3% do total), seguida por agricultura e pecuária (20,69%). Neste cenário, pelo segundo ano consecutivo, a Camera recebeu o prêmio de Dinamismo Exportador. Dado a empresas que se destacaram pela elevada taxa de crescimento no valor das exportações totais, entre as 40 maiores empresas exportadoras.

O prêmio busca reconhecer empresas que adotaram estratégias inovadoras na gestão de negócios de comércio exterior. Ao longo desses 40 anos, acabou se convertendo em uma verdadeira ferramenta de marketing para empresários que buscam se consolidar no mercado externo, pois eles passam a seguir técnicas de planejamento adotadas pelos vencedores. As empresas são classificadas em dois grandes grupos, definidos por análises quantitativas e qualitativas, que por sua vez englobam categorias como Dinamismo Exportador, Avanço Global, Diversificação de Mercados, Trajetória Exportadora Master e Destaque Setorial (autopeças, alimentos, metalúrgico, agropecuário, máquinas e implementos agrícolas e serviços de tecnologia da informação, entre outros).

“Esse é o segundo ano que a recebemos o prêmio DINAMISMO EXPORTADOR, e para nós isso representa o reconhecimento do esforço de toda a equipe que trabalha em prol da Camera. Empresa essa que vem crescendo a cada ano, e levando o Estado do Rio Grande do Sul para outras fronteiras”, destaca a especialista em exportação/importação, que representou a Camera no recebimento do prêmio, Deise Rosane Zarth.

O empresário Clóvis Tramontina recebeu o título Personalidade Exportação RS 2012 por comandar uma empresa gaúcha com marca vitoriosa no mercado externo. Outro homenageado foi o presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto. Ele foi escolhido pela ampliação das operações da empresa no Estado e expansão para mercados como Europa, Coréia do Sul, Índia e China.

O reconhecimento às empresas que receberam o prêmio simboliza o trabalho das mesmas para retomar o espaço do Rio Grande do Sul no cenário de exportações do Brasil.

EMPRESAS VENCEDORAS DO PRÊMIO EXPORTAÇÃO RS 2012

CATEGORIA QUANTITATIVA

Destaque Exportador

Empresa que se destacou em 2011 como a maior exportadora (em valor monetário) do RS

Braskem, de Porto Alegre

Trajetória Exportadora Master

Empresas que apresentaram trajetória exportadora muito expressiva, situando-se entre as maiores exportadoras do RS por um período longo (3 anos) e com taxa de crescimento significativa.

Marcopolo S.A, de Caxias do Sul
Souza Cruz, do Rio de Janeiro
STIHL Ferramentas Motorizadas, de São Leopoldo

Diversificação de Mercados

Empresas que se destacaram pela diversificação de mercados em 2011.

Tanac, de Montenegro
Epcos do Brasil, de Gravataí
Paquetá, Sapiranga
Fras-le, de Caxias do Sul
Conservas Oderich, de São Sebastião do Caí

Dinamismo Exportador

Empresas que se destacaram pela elevada taxa de crescimento no valor das exportações totais, entre as 40 maiores empresas exportadoras.

AEL Sistemas, de Porto Alegre
BSBIOS Energia Renovável, de Passo Fundo
Camera Agroalimentos, de Santa Rosa
Cooplantio, de Eldorado do Sul
Marasca Comércio de Cereais Ltda., de Cruz Alta
Minuano, de Lajeado
Philip Morris, de Curitiba
TMSA, Tecnologia em Movimentação, de Porto Alegre

Dinamismo Exportador -Trading (nova categoria)

America Trading, de Passo Fundo
Euricom Brasil, de Pelotas

CATEGORIA QUALITATIVA

Destaque Mercadológico

Empresas que se destacaram na consolidação da marca, gestão dos canais de distribuição e comercialização

IMPLY Tecnologia Eletrônica, de Santa Cruz do Sul

Destaque Setorial

Empresas que se destacaram como exportadoras no seu setor de atividades, incluindo os clusters mais significativos presentes no território gaúcho, adotando soluções criativas e inovadoras e constituindo-se em efeito-demonstração e referência para outras empresas, bem como acarretando efeitos benéficos para a microrregião onde está instalada

Agropecuário: Cooapampa, de São Gabriel
Alimentos: Comercial Pelotas, de Pelotas; Frigorífico Silva, de Santa Maria
Autopeças: DANA, de Gravataí; KEKO SA, de Flores da Cunha,
Fumageiro: Tabacum Interamericam, de Venâncio Aires
Máquinas e equipamentos: Ortobrás, de Barão; SAUR, de Panambi
Máquinas e implementos agrícolas: Jan, de Não-Me-Toque; Semeato, de Passo Fundo; Stara, de Não-Me-Toque
Metalúrgico: Medabil Sistemas Construtivos, de Porto Alegre
Químico: Artecola, de Campo Bom; Noko Química, de Portão
Serviço de Assessoria e Consultoria: South Service Trading, de Porto Alegre
Serviço de Tecnologia da Informação: SYSTEMHAUS, de Novo Hamburgo
Têxtil: ITM – Industria êxteis H. Milagre, de Farroupilha

Destaque Avanço Global

Empresas que se destacaram pela implantação de estratégias de internacionalização de suas operações, seja como parte de um objetivo de crescimento internacional, seja como forma criativa de contornar as restrições à competitividade das exportações

MK Química, de Portão

Destaque Pequeno Desbravador Internacional (nova categoria)

Categoria criada nesta edição em reconhecimento a micro e pequenas empresas que se destacaram no setor exportador

Casquinha Moda em Madeira, de Campo Bom

Destaque Serviços de Suporte à Exportação

Empresa que se destacou como prestadora de serviços e suporte à exportação

Hamburg Sud Brasil, de Porto Alegre

Destaque Inovação Tecnológica

Empresas que implementaram inovações na área de tecnologia para a exportação

Nexteer Automotive, de Porto Alegre