Para ampliar a sua participação no mercado brasileiro de biocombustíveis, a Camera anuncia acordo comercial com a DuPont do Brasil para a produção de Metilato de Sódio.

O componente é essencial para a indústria de biodiesel por acelerar o processo de produção.

Hoje, a Camera é uma das principais produtoras de biodiesel no sul do país, contando com duas usinas no interior do Rio Grande do Sul.

No último leilão de aquisição, realizado pela Agência Nacional do Petróleo e Biocombustíveis, a empresa foi a quarta usina do Brasil em volume de vendas de biodiesel. Por meio da parceria com a DuPont, a Camera passará a fornecer metilato de sódio para as usinas da Região Sul, com qualidade de produto, eficiência logística e garantia de fornecimento local.

Juntas, Camera e DuPont vão trabalhar no desenvolvimento de uma unidade de produção modular que deve entrar em operação até o final de 2012.

A capacidade de produção inicial será de 15 mil toneladas ao ano e poderá dobrar de volume em dois anos, em alinhamento com a evolução do novo marco regulatório que irá prever o gradual aumento da mistura obrigatória de biodiesel no diesel mineral, dos atuais 5% para 20% até 2020.

A Camera está analisando o local para a construção da fábrica de metilato, que poderá ser instalada no Porto de Estrela e deverá ter investimento na ordem de 20 milhões de reais.

Fonte: Jornal Noroeste