Por ocasião da Marcha dos Prefeitos, na semana passada, o prefeito de Santa Rosa e presidente da Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa (AMGSR), Orlando Desconsi, prefeitos e vices da região, bem como vereadores e secretários participaram de audiência no Ministério das Minas e Energia, para buscar informações referentes ao tratado Brasil/Argentina e saber do andamento das atividades da construção da barragem e da ponte internacional.
Foi constatado o interesse da construção de duas barragens, sendo uma em Garabi no município de Garruchos e a outra na localidade de Roncador no município de Porto Vera Cruz, no Brasil. Inclusive, um inventário sobre o rio Uruguai já está sendo realizado pela Eletrobrás, do Brasil, e Ibisa, da Argentina, e deverá ser concluído até 2010, quando serão iniciadas as obras.
Os prefeitos da AMGSR foram informados de que a barragem na localidade de Roncador será executada em questão de pouco tempo. Cada uma das barragens terá a capacidade de gerar 2.400 megawatts, totalizando 4.800 megawatts de energia, com estudo de pouco impacto ambiental.
A previsão é de que entre outubro ou novembro deste ano uma comitiva de integrantes da Eletrobrás estará na região para dar mais explicações sobre o inventário do rio Uruguai. Os membros da Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa comemoraram a notícia, tendo em vista que a região terá em menos de cinco anos a realização de tão importante obra.
A comitiva regional também esteve no Ministério dos Transportes acompanhada pelo deputado federal e líder do governo, Henrique Fontana, obtendo boas informações sobre a construção da Ponte Internacional Brasil/Argentina. A entrega das propostas de estudos será feita pelas empresas até o dia 8 de setembro e, após essa data, será iniciada a licitação para a contratação do estudo.
A AMGSR está pleiteando e defendendo a ideia da construção da ponte entre Porto Mauá/Alba Posse. Para Desconsi, a ponte e a barragem completarão o quadro que transformará economicamente a região.

FONTE: JORNAL SEMANAL
www.jsemanal.com.br
e-mail: [email protected]