Da Agenda (9/9/2008) – Com a indicação de Artur Lorentz para a Secretaria de Ciência e Tecnologia sobe para três o número de integrantes do primeiro escalação do Governo do Estado, oriundos do voluntáriado da Agenda 2020. Além de Lorentz que coordena as propostas de Energia do Fórum de Infra-Estrutura da Agenda, também colaboraram com as primeiras propostas o Secretário Geral de Governo, Erik Camarano e o Secretário de Segurança Pública, Edson Goularte que atuou no Fórum do Ambiente Institucional e Regulatório.

– “O alinhamento de projetos permite que esses secretários, assim como outros importantes nomes do primeiro escalão como Mariza Abreu, da Educação, Aod Cunha do Planejamento e Daniel Andrade da Infra-Estrutura, que já atuavam na Agenda na condição de secretários, continuem colaborando com o movimento”, afirma o coordenador executivo da Agenda, Ronald Krummenauer.

Na Agenda, Arthur Lorentz trabalha na formulação de quatro projetos: energias renováveis, plano estadual de eficiência energética, geração térmica a carvão e o projeto de suprimento do gás natural, através dos estudos do novo terminal de GNL no Estado. “Este estudo é fruto da articulação da Agenda 2020 que permitiu reunir toda a cadeia produtiva, que participa da necessidade de mais gás natural para o Rio Grande do Sul”, afirma o novo Secretário, Artur Lorentz. O ex presidente do IPE, Otomar Vivian, que passará a responder por uma das diretorias do BRDE, também atua como voluntário da Agenda 2020.