Aos vinte e dois dias do mês de novembro de dois mil e sete, às 18h: 30min estiveram reunidos na sala Hortigranjeiros da ACISAP, os membros da AD – Agência de Desenvolvimento de Santa Rosa.
Seguindo a pauta o Presidente da AD Srº Gerson Pohl abriu os trabalhos do dia fazendo uma saudação a todos os presentes e após passou a pauta do dia. O primeiro assunto foi colocado em discussão o calendário de reuniões da AD para o ano de 2008, sendo definida uma reunião bimestral para o conselho e uma reunião semestral para todos os sócios. Como segundo assunto foi apresentado aos representantes das entidades sócias da AD as ementas dos cursos para a escola técnica federal – CEFET, para que todas as entidades possam se manifestar e sugerir alterações se necessárias. A AD desde o inicio assumiu o papel de apoio e de articulação para a realização do Seminário e Audiência Pública para a definição dos cursos a serem implantados na unidade de Santa Rosa. O terceiro assunto foi referente à aprovação do conselho para a ajuda financeira de R$ 1.000,00 (um mil reais) ao Projeto APL – Colheita do Pólo Metal Mecânico, que foi aprovada por unanimidade. O quarto assunto em pauta foi referente à autorização pelo conselho da alteração da logotipia, com intenção de tornar a AD mais regional em sua denominação, ao qual ficou definido que será solicitado este trabalho aos profissionais desta área e posteriormente serão apresentadas as sugestões ao conselho. O quinto assunto pautado foi à discussão sobre o papel da AD, onde foi apresentada uma pesquisa pelo Presidente Srº Gerson Pohl sobre as ações mais lembradas da AD e também os pontos positivos e negativos, após foram propostas várias linhas de atuação, tais como, o apoio ao setor metal mecânico via APL Colheita. Também uma maior participação nas audiências públicas do município, sendo definido que será enviada uma solicitação via oficio ao Poder Executivo Municipal e ao Poder Legislativo Municipal para que seja comunicada a AD em um prazo não inferior a 15 (quinze) dias úteis, a data, o local e a hora de todas as audiências públicas do município de Santa Rosa. Outra questão abordada é o setor de energia via as barragens, onde todos os presentes entendem ser a grande oportunidade de desenvolvimento para a região. A questão da ponte Brasil e Argentina foi citada como sendo um fator determinante neste contexto do desenvolvimento regional. A ultima questão sobre o foco da AD foi referente à sugestão de propostas aos candidatos (as) a Prefeitura Municipal de Santa Rosa no pleito de 2008. Estas propostas devem ser encaminhadas pelas entidades sócias da AD até o mês de agosto de 2008 para a formulação de uma proposta única de desenvolvimento que será apresentada a todos os candidatos (as) em uma data posteriormente agendada. O sexto assunto tratado na pauta foi o orçamento do Município de Santa Rosa para o exercício de 2008. Onde todos os presentes após acesso aos números expostos se manifestaram referente a dois itens. O primeiro foi a respeito da necessidade de se fazer uma revisão no plano diretor do município, com a participação da AD e de outras entidades para novas sugestões. O outro ponto é discutido é sobre o Camelódramo a ser instalado, onde a AD quer participar da discussão referente à definição de sua localização, esses assuntos serão encaminhados ao Prefeito Municipal. Referente aos itens mencionados anteriormente a AD vai encaminhar um oficio solicitando que o Poder Público Municipal faça a antecipação do orçamento a AD em um prazo não inferior a 30 (trinta) dias úteis, para que às entidades sócias da AD possam reunir-se para analise e discussão de propostas a serem inclusas no orçamento, com isso a AD espera auxiliar o Poder Público Municipal nas questões que visem o desenvolvimento do município e região. O sétimo assunto na pauta foi referente aos assuntos gerais. Na oportunidade os sócios fizeram suas manifestações. Sendo o primeiro a fazer o uso da palavra o Srº Sérgio Mallmann que sugeriu que a AD divulgasse a sua missão e a sua marca, com mais ênfase junto à comunidade local e regional via os meios de mídia, também aprovou as barragens como uma das bandeiras da AD. O Srº José Muñoz explicou a origem da logotipia da AD e manifestou a sugestão de que a AD possa ser uma entidade que vise fomentar o desenvolvimento regional através da formação de novas ADs nos municípios vizinhos. O Srº Moacir Maronez aprova a atuação regional da AD e a união entre os municípios vizinhos, citando Santo Ângelo. O Srº Valdir Carpenedo defende que a AD deva apoiar o Projeto das Barragens a fim de fomentar o desenvolvimento regional. O Srº José Luiz Eidt salientou que a AD tem objetivos claros e definidos, e seu foco é a articulação de muitas questões que envolvem o município e a região, disse a todos que as demandas surgem com o decorrer dos processos e acredita no setor energético como promotor do desenvolvimento regional. O Srº Joel Capelletti entende que a ponte Brasil e Argentina irá desenvolver a região. O Sr. Herberto Werner acredita que fazer ações com outros municípios seja difícil, pois a sua experiência a frente de várias entidades regionais demonstram essa estatística. O Sr. Sérgio Oliveira acredita que os assuntos da AD e as suas demandas vão surgindo ao natural, à medida que as ações vão acontecendo à missão da AD fica mais clara, citou a Agência Visão de Gramado – RS como case de sucesso entre as ADs do RS, pois lá eles possuem a bandeira do turismo, e a sua luta é por um aeroporto com capacidade para grandes aeronaves pousarem. Após estas explanações o Presidente Srº Gerson Pohl fez as considerações finais e agradeceu a todos pela presença.